08 Nov 2019

Estudo da IDC Brasil aponta leve crescimento no mercado de computadores



Estudo da IDC Brasil aponta leve crescimento no mercado de computadores



No segundo trimestre de 2019 foram vendidos 431 mil desktops e 1,017 milhão de notebooks, crescimento de 0,3% em relação ao mesmo período de 2018





São Paulo, 17 de setembro de 2019 – O mercado brasileiro de computadores cresceu 0,3% no segundo trimestre de 2019, de acordo com o IDC Brazil PCsTracker Q2/2019, estudo da IDC Brasil, líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. No período, foram vendidas 1,448 milhão de máquinas, o que gerou uma receita de R$ 4,1 bilhões, crescimento de 12% em relação ao segundo trimestre de 2018. 



 “O PIB teve alta de 0,4% no segundo trimestre na comparação com o primeiro trimestre, e de 1% em relação ao mesmo período de 2018. Apesar da alta maior do que era esperado, a recuperação econômica segue lenta, a cautela continua ditando o ritmo das compras nas empresas e dos consumidores domésticos, e os índices de crescimento nas vendas de computadores equilibrados com a economia”, diz Wellington La Falce, analista de mercado da IDC Brasil.  



O mercado corporativo, por exemplo, teve alta de 2% no segundo trimestre de 2019, com vendas de 536 mil máquinas, sendo 290 mil desktops e 246 mil notebooks. Segundo La Falce, o setor bancário e o de manufatura contribuíram bastante para esse movimento.



No varejo, o crescimento em relação ao segundo trimestre do ano passado foi menor – apenas 0,5% -, mas bastante positivo em relação aos três primeiros meses de 2019, que tinha sofrido queda de 8%. Entre abril, maio e junho deste ano foram vendidos 912 mil computadores, sendo 141 mil desktops, aumento de 12% em relação ao segundo trimestre de 2018, e 771 mil notebooks, queda de 1%. 



O mercado gamer já vinha se mostrando importante desde o ano passado e ficou ainda maior este ano, ajudando o segmento de computadores de mesa a crescer”, explica o analista da IDC. Em termos de preços, os desktops ficaram 14% mais caros e os notebooks 8%, levando os preços médios para, respectivamente, R$ 2.150 e R$ 2.670. “O dólar aumentou bastante e travou o consumo, que já vinha sendo prejudicado pelos preços altos desde o segundo semestre do ano passado”, diz La Falce.



Para o segundo semestre de 2019, a projeção da IDC Brasil para o mercado de desktops é de crescimento de 6% e vendas de 350 mil máquinas a mais do que em 2018.  Já os notebooks,  devem sofrer uma pequena retração no semestre, com a venda de 15 mil máquinas a menos.



Acompanhe a IDC no LinkedIn - https://www.linkedin.com/company/8184347



Sobre a IDC

A International Data Corporation (IDC) é líder em inteligência de mercado, serviços de consultoria e eventos para os mercados de tecnologia da informação, telecomunicações e tecnologia de consumo.

Com mais de 1.100 analistas em todo o mundo, a IDC fornece conhecimentos globais, regionais e locais sobre tendências e oportunidades em tecnologia e indústria em 110 países. A análise e o conhecimento da IDC ajudam os profissionais de TI, executivos e a comunidade de investimentos a tomar decisões fundamentadas sobre a tecnologia e atingir os principais objetivos comerciais. Fundada em 1964, a IDC é uma subsidiária da IDG, a principal empresa de tecnologia, pesquisa e mídia de eventos do mundo.



Para saber mais sobre IDC, visite www.idc.com e www.idclatin.com





Informações para a imprensa:



Rosa Arrais Comunicação

Rosane Gomes – Tel.: (11) 3672-3531 ramal 21 ou Cel.: (11) 95318.4937 - rosane@rosaarrais.com.br

Rosa Arrais – Tel.: (11) 3672-3531 ramal 18 ou Cel.: (11) 99931.7378 - rosa@rosaarrais.com.br



IDC Latin America

Dulce Enríquez – Tel.: (5255) 5010 1440 - denriquez@idc.com

Silvia Ortiz – Tel.: (5255) 5010 1485 - smortiz@idc.com





Coverage

Regions Covered

Brazil


Topics Covered

Traditional desktop, Traditional notebook